Você está aqui: Página Inicial / Publicações

Artigos completos publicados em periódicos

Bast, D., Fitzpatrick, J., Stewart, I, & Goyos, C. (2019). Using the Implicit Relational Assessment Procedure (IRAP) as a measure of reaction to perceived failure and the effects of a defusion intervention in this context. The Psychological Record, 1-13.

Dal Ben, R. & Goyos, C. (2018).Further evidence of automatic reinforcement effects on verbal form. The Analysis of Verbal Behav, 1-11. 

Sacramento, B. C., Escobal, G. & Goyos, C. (2017). Identificação de Jogos como Consequências de Comportamentos de Escolha para Crianças. Temas em Psicologia, v. 25, p. 1741-56.

Higbee, T. S., Aporta, A. P., Resende, A., Nogueira, M., Goyos, C., & Pollard, J. S. (2016). Interactive computer training to teach discrete-trial instruction to undergraduates and special educators in Brazil: A replication and extension. Journal of Applied Behavior Analysis, 49, 780-793.

Calixto, F. C., Escobal, G., Elias, N. C., & Goyos, C. (2016). TOMADA DE DECISÃO: UMA FERRAMENTA INFORMATIZADA PARA A CONDUÇÃO DE TAREFAS EM ESQUEMAS CONCORRENTES. Perspectivas em Psicologia, 20, 202-217.

Elias, N. C., & Goyos, C. (2015). The effects of teaching sign-video and action-video conditional discriminations in the emergence of symmetry and tacts with children. Behavior Analysis: Research and Practice, 15(1), 81-89.

Gamba, J., Goyos, C., & Petursdottir, A. I. (2015). The Functional Independence of Mands and Tacts: Has It Been Demonstrated Empirically?. The Analysis of Verbal Behavior, 31, 10-38.

Zin, G., Escobal, G., Esteves, G., & Goyos, C.(2015). Sharing Game: Influence of gender, cost of response, history of reinforcement, and amount of money in the resource distribution of undergraduate students. Behavior Analysis: Research and Practice, 15, 65-80.

Rossit, R. S., Goyos, C. (2015). Transferência e transformação de funções relacionais de /maior-que/ e /menor-que/ em crianças com deficiência intelectual. Temas em Psicologia (Ribeirão Preto), 23, 137-155.

Calixto, F. C., Escobal, G., & Goyos, C. (2015). Effects of choice opportunities between activities with high- and low-reinforcement values on self-control behavior in children with typical development: a pilot study. European Journal of Behavior Analysis, 16, 312-321.

Escobal, G., Elias, N. C., & Goyos, C. (2014). Comparação entre avaliações de preferência com itens tangíveis e com itens digitais. Temas em psicologia,22(1), 235-248.

Guimarães, l. M., Escobal, G., & Goyos, C. (2014). O papel da função reforçadora das relações verbais de tato e textual, em contexto de equivalência de estímulos, em universitários. Psicologia: reflexão e crítica,27(3), 522-530.

Elias, N. C., & Goyos, C. (2013). Mimetic relation as matching-to-sample observing response and the emergence of speaker relations in children with and without hearing impairments. Psychological record63(1), 131-140.

Macedo, M., Escobal, G., & Goyos, C. (2013). Escolha e preferência por alimentos com ou sem valor calórico em crianças com deficiência intelectual e sobrepeso. Acta comportamentalia21(1), 83-98.

Escobal, G., & Goyos, C. (2012). Análise das variáveis determinantes do comportamento de escolha entre alternativas de trabalho em adultos com deficiência mental. Rebac-revista brasileira de análise do comportamento,4(1).

Goyos, C., Piccolo, A. A. T., Porto, G., & Lazarin, T. C. (2012). Aprendizagem observacional, formação e expansão de classes de estímulos equivalentes.rebac-revista brasileira de análise do comportamento2(1).

Oliveira, M., Goyos, C., & Pear, J. (2012). A pilot investigation comparing instructional packages for mts training:" manual alone" vs." manual-plus-computer-aided personalized system of instruction.". The behavior analyst today13(3-4), 20.

Escobal, G., Elias, N. C., & Goyos, C. (2012). Jogo da escolha: ferramenta informatizada para avaliar preferências por reforçadores. Temas em psicologia,20(2), 451-458.

Goyos, C., & Escobal, G. (2012). The flight from experimental analysis: remarks on catania (1981). European journal of behavior analysis13, 207-209.

Elias, N. C., Goyos, C., & de Resende, A. A. C. Transferência de funções ordinais através de classes de estímulos equivalentes em surdos.

Escobal, G., Rossit, R. A. S., & Goyos, C. (2010). Aquisição de conceito de número por pessoas com deficiência intelectual. Psicologia em estudo15(3), 467-475.

Ribeiro, D. M., Elias, N. C., Goyos, C., & Miguel, C. F. (2010). The effects of listener training on the emergence of tact and mand signs by individuals with intellectual disabilities. The analysis of verbal behavior26(1), 65.

Carrer, H. J., Pizzolato, E. B., & Goyos, C. (2009). Avaliação de software educativo com reconhecimento de fala em indivíduos com desenvolvimento normal e atraso de linguagem. Revista brasileira de informática na educação,17(03), 67.

Rossit, R. A. S., & Goyos, C. (2009). Deficiência intelectual e aquisição matemática: currículo como rede de relações condicionais. Revista semestral da associação brasileira de psicologia escolar e educacional13(2), 213-225.

Elias, N. C., Goyos, C., Saunders, M., & Saunders, R. (2008). Teaching manual signs to adults with mental retardation using matching-to-sample procedures and stimulus equivalence. The analysis of verbal behavior24(1), 1.

de Souza, S., Goyos, C., Silvares, E. F., & Saunders, R. R. (2007). Emergence of printing and spelling skills from constructed-response matching-to-sample instruction (crmts). European journal of behavior analysis8(1), 49.

Araújo, E. A. C., Escobal, G., & Goyos, C. (2006). Programa de suporte comunitário: alternativa para o trabalho do adulto deficiente mental. Rev. Bras. Educ. Espec12(2), 221-240.

Escobal, G., Araújo, E. A. C., & Goyos, C. (2005). Escolha e desempenho no trabalho de adultos com deficiência mental. Revista brasileira de educação especial11(3), 355-372.

Goyos, C., & Almeida, J. C. B. (2004). Mestre: um recurso derivado da interface da análise comportamental com a informática para aplicações educacionais. Hübner, mmc; marinotti, m. Análise do comportamento para e educação: contribuições recentes. Santo andré, esetec.

Piccolo, A. A. T., Goyos, C., & Porto, G. (2004). Ensino em dupla e a formação de equivalência de estímulos em crianças pré-escolares. Revista de ciências humanas, (36), 299-329.

Goyos, C. (2000). Equivalence class formation via common reinforcers among preschool children. Psychological record50(4).

Goyos, C., Araujo, R. B. & Battaiola, A. L. (1999). Exploração do uso de realidade virtual no aprendizado de habilidades acadêmicas para o ensino fundamental. Revista Brasileira de Informática na Educação, 4, 33-39.

Goyos, C. (1996). Comportamiento verbal: Insuficiente e innecesario para la formacion de equivalencia. Psicothema (Oviedo), 8(1), 119-131.

Goyos, C., Martin, G. L., Cornick, A. P., & Johnstone, G. (1980). A Supervisory Strategy to Improve Work Performance for Lower-Functioning Retarded Clients in Sheltered Workshop. Journal of Applied Behavior Analysis, 13(1), 183-190.